Eleito Comitê Gestor da Salvaguarda da Capoeira no Paraná

Representar as demandas da capoeira no Paraná. Esse é o objetivo principal do Comitê Gestor da Salvaguarda da Capoeira, eleito no dia 23 de novembro após o Seminário de Patrimônio Imaterial e Cultura Afrobrasileira. O grupo irá participar da elaboração de ações da Superintendência do Iphan no Paraná que garantam que o Plano de Salvaguarda elaborado durante as Oficinas de Formulação promova e fortaleça a capoeira paranaense.

O Comitê tem formação temporária, ou seja, a cada 2 anos novos representantes serão eleitos. Para a gestão 2013-2014 foram eleitos 6 mestres, 3 contra-mestres e 2 professoras, além de um representante do Iphan/PR. Para garantir maior representatividade, o Estado foi dividido em 5 regiões – Litoral; Curitiba; Campos Gerais e Região Centro-Sul; Norte/Noroeste e Oeste/Sudoeste – havendo pelo menos um mestre de cada região.

Comitê Gestor Estadual de Salvaguarda da Capoeira

Comitê Gestor Estadual de Salvaguarda da Capoeira

Continuar lendo

Anúncios

Galeria de imagens do Seminário de Patrimônio Imaterial e Cultura Afrobrasileira

Confira a galeria de imagens do Seminário de Patrimônio Imaterial e Cultura Afrobrasileira e das Oficinas para a formulação do Plano Estadual de Salvaguarda da Capoeira, que aconteceram nos dias 20 a 23 de novembro, em Curitiba/PR.

Programação do Seminário de Patrimônio Imaterial e Cultura Afrobrasileira

Seminário de Patrimônio Imaterial e Cultura Afrobrasileira e das Oficinas para a formulação do Plano Estadual de Salvaguarda da Capoeira

Clique para ver o cartaz

Confira a programação do Seminário de Patrimônio Imaterial e Cultura Afrobrasileira e das Oficinas para a formulação do Plano Estadual de Salvaguarda da Capoeira
Mais informações: Iphan/PR (41) 3264-7971

INSCRIÇÕES PARA O SEMINÁRIO (nome completo, endereço, telefone e nome da instituição) pelo e-mail seminariodepatrimonio@fcc.curitiba.pr.gov.br * Credenciamento – O credenciamento é direcionado ao grupo de praticantes da capoeira (nas categorias formado, professor, contra-mestre e mestre), que poderão votar na plenária de elaboração do Plano Estadual de Salvaguarda da Capoeira. Os demais participantes do evento farão uma inscrição geral no local do evento.

Programação

20 DE NOVEMBRO DE 2012

17h | EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA “RUGENDAS: Olhares de ontem e de hoje”: Socorro Araújo
17h | LANÇAMENTO E EXIBIÇÃO DO DOCUMENTÁRIO “Sob a estrela de Salomão: a Sociedade 13 de Maio como lugar de construção da memória e identidade negras em Curitiba”

18h30 | ABERTURA Roberta Storelli (Fundação Cultural de Curitiba) e José La Pastina Filho (Superintendência do Iphan no Paraná)

18h50 | MESA

O processo de registro dos Clubes Sociais Negros e as políticas de patrimônio imaterial focadas na cultura afro-brasileira:

  • Giane Vargas Escobar (Comissão Nacional de Clubes Sociais Negros/Museu Treze de Maio – Santa Maria/RS) – “Clubes sociais negros: memória e ações para o reconhecimento como Patrimônio Cultural Afro-brasileiro”.
  • Thiago de Azevedo Pinheiro Hoshino – Apresentação do projeto “Negros, libertos e associados: identidade cultural e território étnico na trajetória da Sociedade 13 de Maio (1888-2011)”.
  • Otávio Zucon e Geslline Braga – Apresentação do projeto “Sob a estrela de Salomão: a Sociedade 13 de Maio como lugar de construção da memória e identidade negras em Curitiba”.
  • Alessandra Rodrigues Lima (IPHAN/DPI) – O processo de registro dos Clubes Sociais Negros.

LOCAL: MEMORIAL DE CURITIBA – SALA LONDRINA

21 DE NOVEMBRO DE 2012

13h30 | OFICINAS DE PATRIMÔNIO IMATERIAL Conversas de Patrimônio: Conceitos, políticas e instrumentos – casos de Identificação, Registro, Salvaguarda e outras ações possíveis. Escuta e sistematização de demandas: Comunidades Quilombolas e Religiões de Matrizes Africanas LOCAL: CASA HOFFMANN

18h30 | MESA Conceitos, experiências e demandas na área do Patrimônio Imaterial – Comunidades Quilombolas e Religiões de Matrizes Africanas no Paraná:

  • Ana Maria Santos da Cruz (Federação das Comunidades Quilombolas do Paraná) – Panorama das comunidades quilombolas no Paraná demandas na área do patrimônio.
  • Márcio Marins (Fórum das Religiões de Matrizes Africanas do Paraná) – Panorama das Religiões de Matrizes Africanas no Paraná e demandas na área do patrimônio.
  • Jurandir de Souza (Museu Paranaense) – Apresentação do projeto “Exposição itinerante: Da invisibilidade à cidadania”.
  • Simone Spitz (Fundação Cultural de Curitiba) – Programa de Incentivo à Cultura: o edital de patrimônio imaterial.
  • Alessandra Rodrigues Lima (IPHAN/DPI) – Conceitos e instrumentos na política de patrimônio imaterial do IPHAN.

LOCAL: MEMORIAL DE CURITIBA

22 DE NOVEMBRO DE 2012

8h30 | OFICINA DE ELABORAÇÃO DO PLANO ESTADUAL DE SALVAGUARDA DA CAPOEIRA

A Capoeira como patrimônio imaterial: Caminhos da identificação à salvaguarda e apresentação dos objetivos e trajetória do Pró-Capoeira (IPHAN/DPI/FCC).

13h30 | OFICINA DE ELABORAÇÃO DO PLANO ESTADUAL DE SALVAGUARDA DA CAPOEIRA

Grupos de Trabalho – Discussões dos Eixos Temáticos e sistematização de demandas

LOCAL: MEMORIAL DE CURITIBA, CONSERVATÓRIO DE MPB E CASA HOFFMANN

23 DE NOVEMBRO DE 2012

8h30 | OFICINA DE ELABORAÇÃO DO PLANO ESTADUAL DE SALVAGUARDA DA CAPOEIRA

Plenária com apresentação das demandas dos Eixos Temáticos

13h30 | OFICINA DE ELABORAÇÃO DO PLANO ESTADUAL DE SALVAGUARDA DA CAPOEIRA

Plenária Final – Apresentação e discussão de critérios de formação e eleição do Comitê Gestor Estadual de Salvaguarda da Capoeira

LOCAL: MEMORIAL DE CURITIBA E CASA HOFFMANN

ENDEREÇOS:

MEMORIAL DE CURITIBA – SALA LONDRINA
R. Doutor Claudino dos Santos, 79 – Largo da Ordem

CASA HOFFMANN
R. Doutor Claudino dos Santos, 58 – Largo da Ordem

CONSERVATÓRIO DE MPB
Rua Mateus Leme, 66 – Centro

Seminário promove debate sobre Plano de Salvaguarda da Capoeira no Paraná

Acontece, nos dias 20 e 21 de novembro, no Memorial de Curitiba, o Seminário de Patrimônio Imaterial e Cultura Afrobrasileira. Durante o evento serão organizadas mesas de debate com representantes de quilombolas, religiões de matriz africana, clubes sociais negros e mestres, grupos e entidades representativas da capoeira. O objetivo é promover o diálogo e organizar ações voltadas para a mobilização e levantamento de demandasdos grupos relacionados à cultura afrobrasileira no Paraná. O encontro é organizado pela Superintendência do Iphan no Paraná em parceria com a Fundação Cultural de Curitiba.

Além do Seminário, o Iphan promove, nos dias 22 e 23 de novembro, as Oficinas para a formulação do Plano Estadual de Salvaguarda da Capoeira. O evento acontece na Casa Hoffmann e no Memorial de Curitiba. O foco principal será o mapeamento e articulação em rede dos mestres e aprendizes de capoeira do Paraná, levantamento de demandas e sistematização de propostas para o Plano de Salvaguarda da Capoeira e conformação de um Comitê Gestor Estadual que irá trabalhar para o estabelecimento de políticas públicas de salvaguarda para a capoeira.

Com base em pesquisas desenvolvidas na Bahia, em Pernambuco e no Rio de Janeiro, a roda de Capoeira e o ofício do Mestre de Capoeira foram registrados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) como patrimônio cultural brasileiro. Em 2009, o Iphan instituiu o Programa Nacional de Salvaguarda e Incentivo à Capoeira. Neste ano, a salvaguarda da Capoeira passou a ser realizada por meio de ações descentralizadas, organizadas pelas Superintendências Regionais do Iphan, como forma de atender melhor às demandas específicas de cada Estado.

Serviço

Seminário de Patrimônio Imaterial e Cultura Afrobrasileira

Dias 20 e 21 de novembro
Local: Memorial de Curitiba
Período: noite, a partir das 18h00

Oficinas para a formulação do Plano Estadual de Salvaguarda da Capoeira

Dia 22 de novembro
Local: Casa Hoffman e Memorial de Curitiba
Período: Manhã e tarde

  • Oficina “Capoeira como patrimônio imaterial – Caminhos da identificação à salvaguarda”
  • GT’s (grupos de trabalho):

•           Eixo 1 – Capoeira e Educação
•           Eixo 2 – Capoeira e Diversidade
•           Eixo 3 – Capoeira, Esporte e Lazer
•           Eixo 4 – Capoeira, Profissionalização e Internacionalização
•           Eixo 5 – Capoeira e Políticas de Fomento
•           Eixo 6 – Capoeira e Políticas de Desenvolvimento Sustentável

Dia 23 de novembro
Local: Memorial de Curitiba
Período: Manhã e tarde

  • Oficina “Capoeira como patrimônio imaterial – Organização Social e Políticas Públicas”
  • Plenária Geral: Votação das propostas por todos os participantes e conformação de Comitê Gestor Estadual
  • Samba de Roda: confraternização

Mais informações: Iphan/PR (41) 3264-7971

Encontro debate Plano Estadual de Salvaguarda da Capoeira

Acontece, no dia 9 de novembro, o último encontro preparatório para as oficinas referentes ao Plano Estadual de Salvaguarda da Capoeira. As oficinas serão realizadas dentro da programação do Seminário de Patrimônio Imaterial e Cultura Afrobrasileira, programado para o fim de novembro, em Curitiba.

Os objetivos das reuniões preparatórias são mapear e organizar a rede de capoeiristas do Paraná, promover ações educativas voltadas para esse público, estimular a participação dos mestres e aprendizes de capoeira na discussão do Plano de Salvaguarda da Capoeira e incentivar a formação de um comitê gestor estadual para a salvaguarda da capoeira. Participam das reuniões mestres, contra-mestres e professores graduados de Curitiba e Região.

O Programa Nacional de Salvaguarda e Incentivo à Capoeira foi criado pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Histórico Nacional (Iphan) em 2009 para promover a implementação de políticas públicas para manutenção e salvaguarda da capoeira em todo o Brasil. Neste ano, a salvaguarda da Capoeira passou a ser realizada por meio de ações descentralizadas, organizadas pelas Superintendências Regionais do Iphan, como forma de atender melhor as demandas específicas de cada Estado.

Além das reuniões e oficinas, a Superintendência do Iphan no Paraná, irá promover, em parceria com a Fundação Cultural de Curitiba, o Seminário de Patrimônio Imaterial e Cultura Afrobrasileira, nos dias 20 e 21 de novembro. O evento terá como foco principal a promoção do debate sobre a constituição do Comitê Gestor para elaboração do Plano Estadual de Salvaguarda da Capoeira, além de oferecer oficinas com quilombolas, religiões de matriz africana, capoeiras e clubes sociais negros. As oficinas referentes ao Plano Estadual de Salvaguarda da Capoeira acontecerão nos dias 22 e 23 de novembro na Casa Hoffmann, em Curitiba.

Encontro preparatório para as oficinas referentes ao Plano Estadual de Salvaguarda da Capoeira

Data: 9 de novembro
Horário: 9h
Local: Casa Hoffmann – R. Claudino dos Santos, 58, São Francisco

Mais informações: (41) 3264-7971

Plano Estadual de Salvaguarda da Capoeira

Convidamos todos os mestres, contra-mestres e professores graduados a participarem dos encontros e debates sobre o Plano Estadual de Salvaguarda da Capoeira.

A próxima reunião acontece no dia 26/10 às 9h00, no Solar do Barão (sala Scabi), Rua Presidente Carlos Cavalcanti, 533 – Curitiba.

Nesta reunião serão definidos os eixos temáticos a partir dos quais os grupos de trabalho levantarão problemas e demandas da capoeira para a sistematização de propostas e ações do Plano Estadual de Salvaguarda da Capoeira.

Contamos com a presença de todos!
Mais informações: (41) 3264-7971