Antonina recebe oficinas de Educação Patrimonial

Nos dias 10 e 24 de novembro, os educadores da rede pública de Antonina irão participar de oficinas de Educação Patrimonial oferecidas pela Superintendência do Iphan no Paraná. Os encontros têm como objetivo a reflexão, o debate e a construção de uma noção compartilhada de patrimônio cultural.

O centro histórico da cidade e o complexo das Indústrias Reunidas Francisco Matarazzo (IRFM), em Antonia, foram tombados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em janeiro desse ano. A cidade é o terceiro centro histórico tombado em nível federal no Paraná. Os outros dois são a Lapa, cujo centro histórico foi tombado em 1998, seguida de Paranaguá, com tombamento foi anunciado em 2009.

Para abrir as atividades das oficinas, no dia 17 de outubro, o superintendente do Iphan no Paraná, José La Pastina Filho ministrou a palestra O que é Patrimônio Cultural?. “Patrimônio é aquilo que, em um determinado momento, entende-se que é importante para representar aquelas pessoas ou aquele lugar. Só se preserva aquilo que a comunidade exige que seja reconhecido como parte da sua identidade”, explicou La Pastina.

Durante as oficinas, além de discutir as formas e instrumentos de proteção e preservação desse patrimônio e recolher sugestões de como introduzir a temática do patrimônio nas escolas, será apresentado aos educadores do município o Jogo do Patrimônio. Este jogo é baseado nos princípios do RPG (Role-Playing Game, Jogo de Interpretação de Personagem) que mistura estratégia e imaginação. Nele, os jogadores interpretam diferentes personagens e superam desafios de acordo com as regras descritas por um narrador.

O Jogo do Patrimônio se passa em uma cidade imaginária em processo de tombamento. Os personagens devem, então, participar ativamente do processo, escolhendo qual a área a ser tombada e defendendo a importância de sua preservação para a história do município. Após as oficinas, o material poderá ser cedido por até cinco anos às escolas interessadas no desenvolvimento de atividades de educação patrimonial.

O superintendente do Iphan no Paraná, José La Pastina Filho ministrando a palestra O que é Patrimônio Cultural?

 

Oficinas de Educação Patrimonial em Antonina
Data: 10 e 24 de novembro
Horário: período integral – manhã e tarde
Local: Colégio Estadual Brasílio Machado, Antonina/PR

Mais informações: (41) 3264-7971

 

 

 

Oficinas de Pêssankas entram na reta final

Acontecem, em novembro, as últimas edições das oficinas do projeto Pêssanka: ovos escritos, expressão da cultura ucraniana no Brasil. Nos dias 10 e 11 de novembro, as oficinas serão em Linha Vitória, no município de Cruz Machado. Já nos dias 15 e 16 serão realizadas as últimas oficinas, na Colônia Fluviópolis, no município de São Mateus do Sul, ambos no Paraná.

Oficina de Pêssankas

Oficina de Pêssankas

Ao todo, 23 comunidades do Paraná e de Santa Catarina participaram do projeto, que foi selecionado no edital PNPI 2011 do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). O projeto teve como objetivo pesquisar, registrar e difundir o conhecimento sobre essa arte, tão tradicional nas comunidades ucranianas rurais do Paraná e de Santa Catarina.

Além das oficinas, também foram realizadas ao longo do projeto palestras sobre o desenvolvimento do turismo e a continuidade da arte da pêssanka nas comunidades. Ao final das oficinas, os alunos estão deixando uma das pêssankas feitas para o futuro museu ucraniano, que está sendo planejado nas dependências do Centro de Eventos São Basílio Magno em União da Vitória.

Mais informações: www.culturaucraniana.com.br

Pêssankas: uma tradição passada de geração a geração

Desde maio de 2012, mais de 200 pessoas de 12 comunidades ucranianas do Paraná e de Santa Catarina já participaram das oficinas do projeto Pêssanka: ovos escritos, expressão da cultura ucraniana no Brasil. Estas pequenas obras de arte fazem parte de um dos mais bonitos costumes trazidos pelos imigrantes ucranianos que vieram para o Brasil no final do século 19. Nos ovos, cada traço, figura ou cor pode ter um significado especial que expressa o carinho daquele que faz da pêssanka um presente cheio de boas intenções.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Segundo o coordenador do projeto, Vilson José Kotviski, a pêssanka é uma arte que merece ser preservada. “O projeto está sendo um impulso muito grande em toda a nossa região. Creio que assim como eu tive oportunidade de aprender, tenho o dever de transmitir essa tradição maravilhosa a todos que tenham interesse e é uma alegria ver os jovens animados e surpresos em perceber a sua capacidade”, enfatiza.

Continuar lendo

Sede do Iphan/PR

A sede da Superintendência do Iphan no Paraná está localizada em Curitiba, sendo um dos mais expressivos exemplares da arquitetura paranaense de madeira, característica da imigração europeia no estado. Construída por volta de 1920, numa chácara situada no bairro do Portão, a casa foi adquirida pelo Iphan no ano de 1984, desmontada e trasladada para a Rua José de Alencar nº1808, no Bairro Juvevê, em terreno cedido pela Prefeitura Municipal de Curitiba, fato que possibilitou a sua preservação.

Superintendência do Iphan no Paraná

R. José de Alencar, 1808
Bairro Juvevê
CEP 80.040-070
Curitiba/PR
(41) 3264-7971

Editorial

A Superintendência do Iphan no Paraná agora tem um blog.

Por meio desta ferramenta vamos divulgar nossas ações em andamento, como obras de restauração, oficinas de educação patrimonial, seminários, debates e eventos que promovemos no estado. Você também poderá acompanhar notícias relacionadas ao patrimônio cultural, entrevistas e registros de nossas atividades de campo – na forma de relatos, fotografias ou vídeos – e outros conteúdos relacionados. Este blog contará ainda com uma seção de resenhas, na qual serão apresentados exemplares do acervo de nossa biblioteca disponíveis para a pesquisa.

Mais do que nossos principais projetos em desenvolvimento, pretendemos compartilhar informações sobre o patrimônio cultural, suas formas de preservação e os desafios, dúvidas e questionamentos colocados ao longo dessa jornada.

Sede do Iphan/PR - fachada

Sede do Iphan/PR – fachada