Superintendência do Iphan no Paraná

Há mais de 25 anos, realizando um trabalho permanente de identificação, documentação, proteção e promoção do patrimônio cultural brasileiro no estado do Paraná.

A Superintendência do Iphan no Paraná surgiu a partir da evolução do Escritório Técnico do Paraná, criado em 1984 e subordinado até 1990 à 9ª Coordenação Regional de São Paulo. A sede da Superintendência está localizada em Curitiba, sendo um dos mais expressivos exemplares da arquitetura paranaense de madeira, característica da imigração europeia no estado.

Sede do Iphan/PR - fachada

Fachada da sede do Iphan/PR

Construída por volta de 1920, numa chácara situada no bairro do Portão, a casa foi adquirida pelo Iphan no ano de 1984, desmontada e trasladada para a Rua José de Alencar nº1808, no Bairro Juvevê, em terreno cedido pela Prefeitura Municipal de Curitiba, fato que possibilitou a sua preservação.

A Superintendência do Iphan no Paraná realiza inventários, estudos e pesquisas na área de preservação do patrimônio cultural, obras de restauração e fiscalização de bens tombados e sítios arqueológicos, bem como atividades de Educação Patrimonial, promoção e difusão do patrimônio cultural em suas múltiplas vertentes. Desde 2007, é também responsável pela gestão dos bens – com valor histórico, artístico e cultural – do patrimônio ferroviário oriundo da antiga RFFSA (Rede Ferroviária Federal S.A.). Portanto, atua em área multidisciplinar, mobilizando os campos de conhecimento da História, Arquitetura, Arte, Antropologia, Arqueologia e Educação.

Desde 1938, o estado do Paraná possui bens tombados em nível federal. Foram tombados neste mesmo ano: a Casa do Coronel Joaquim Lacerda, a Igreja Matriz de Santo Antônio e a Casa onde faleceu o Coronel Gomes Carneiro, na cidade da Lapa. Em Guaratuba, foi tombada a Igreja Matriz de São Luís. E no município de Paranaguá foram tombados o Antigo Colégio dos Jesuítas e a Fortaleza de Nossa Senhora dos Prazeres, na Ilha do Mel.

Atualmente, são 12 edifícios tombados em vários municípios, duas coleções museológicas, diversos bens do patrimônio ferroviário da antiga RFFSA e, ainda, os centros históricos das cidades da Lapa, Paranaguá e Antonina. Já o Parque Nacional do Iguaçu, em Foz do Iguaçu e a Mata Atlântica – Reservas do Sudeste, integram a lista do Patrimônio Mundial pela Unesco.

2 pensamentos sobre “Superintendência do Iphan no Paraná

  1. O Iphan tem cursos na área ou oficinas? Quero continuar esse trabalho, mais não vejo amplitude de conhecimento na área. Teria um local ou entidade responsável por essa obra, conservação Material e Imaterial.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s