Segundo dia dos Roteiros Afetivos de Antonina

DSC09333No dia 16 de julho aconteceu mais uma sessão dos Roteiros Afetivos de Antonina, atividade promovida pelo Iphan, em parceria com a UFPR e a Secretaria Municipal de Educação, no Festival de Inverno de Antonina.O tempo chuvoso não dispersou os participantes que compareceram animados para a jornada. Dessa vez os guias foram os professores Sérgio, Lucélia, Rosecler e Tatiane.

O passeio iniciou-se na Estação Ferroviária, passando pela Igreja do Bom Jesus do Saivá e Recanto do Pilaco. Depois o grupo partiu para o Bairro do Tucunduva, onde ouviram a “lenda da fenda” e viram o caminho que, em tempo seco e antes dos deslizamentos de terra do ano de 2011, fazia a ligação com a Pedra Santa e a Fonte da Laranjeira, do outro lado do morro.

A aventura começou mesmo no trajeto até o Cabral, pois pegar um atalho nem sempre é simples! Os professores apresentaram o lugar, onde atualmente aportam canoas e pequenos barcos de pesca, além de saírem passeios de barco e de caiaque para outros recantos da Baía de Antonina. A chuva engrossou e, na passagem da Graciosa de Baixo, o grupo conheceu o Bairro do Portinho, seguindo até a Fonte da Carioca.

Do Mercado Municipal, o grupo aproveitou a estiagem e seguiu rumo ao Complexo das Indústrias Matarazzo. Mas antes pediu permissão para ver de perto a Casa Zugman e, no jardim, ouviram a lenda da noiva, como outras recordações dos professores.

DSC09270DSC09372A parada na Ponta da Pita foi mais um momento de contemplação da harmonia entre Mar e Montanha que compõe a paisagem de Antonina. Lá tem um pé de Arrueira, ou Aroeira. O professor Sérgio explicou que a arrueira é uma planta muito utilizada por seus efeitos adstringentes e benefícios medicinais e, sobretudo no litoral, sua casca é utilizada para o fortalecimento das redes de pesca, pois é rica em tanantes que protegem o material contra a ação de fungos e bactérias.

O roteiro terminou na Praça Coronel Macedo, junto à Igreja Matriz Nossa Senhora do Pilar.

Agradecemos a todos os participantes que embarcaram nessa viagem! E agradecemos principalmente aos professores que compartilharam suas memórias afetivas, seus saberes e experiências de vida, seu tempo e conhecimento sobre a cidade.

Este foi um belo início de caminhada!

Educadores do projeto Roteiros Afetivos de Antonina: Beatriz Assunuma Linhares, Deisi Rover do Carmo, Fabiana Cerqueira, Jorceli do Pilar de Paula Brites, Karine Gabriele de Pádua, Kátia Mara Mendes, Lucélia Gonçalves, Márcia Mendes, Meyriane Delfino de Souza, Rosecler Marisa Marinho Marques, Samara Pereira Pazinatto, Sérgio Lopes Fernandes, Sônia Mara Elias dos Santos, Tatiane M. Bittencourt, Thaís Maurício, Lia Mity Ono.

Fotos: Lia Ono/ Acervo Iphan

Confira a galeria de fotos:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s