Iphan reconhece três línguas como referência cultural

As línguas serão certificadas no Seminário Ibero-Americano de Diversidade Linguística que irá debater sobre políticas públicas para a preservação da diversidade linguística. O evento será em Foz do Iguaçu (PR), entre os dias 17 e 20 de novembro.

O Talian, a Asurini do Trocará e o Guarani Mbya são as primeiras línguas reconhecidas como Referência Cultural Brasileira pelo Iphan, que passaram a fazer parte do Inventário Nacional da Diversidade Linguística (INDL).

Mãe e filha na aldeia guarani Mbya de Bracuí, em Angra dos Reis (RJ). Foto de Milton Guran, 1988.

Mãe e filha na aldeia Guarani Mbya de Bracuí, em Angra dos Reis (RJ). Foto de Milton Guran, 1988.

Asurini do Trocará ou Asurini é a língua da família linguística Tupi-Guarani falada pelo povo indígena Asurini que vive as margem do Rio Tocantins, no município de Tucuruí (PA).

Guarani Mbya é uma das três variantes da Língua Guarani, juntamente com o Nhandeva ou Ava-Guarani e o Kaiowa. Essa língua é falada em uma faixa litorânea que vai do Espírito Santo ao Rio Grande do Sul, além das fronteiras do sul do país. Hoje os índios Guaranis representam uma das maiores populações indígenas do Brasil e estão distribuídos por diversas comunidades no território brasileiro.

Esse evento é uma parceria do Iphan e do Ministério da Cultura com a Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA). O encontro vai discutir políticas públicas para a preservação e promoção da diversidade linguística dos países Ibero-Americanos e tem por objetivo possibilitar a reflexão sobre as experiências e iniciativas desenvolvidas pelos países; propiciar um espaço de levantamento, sistematização e análise de experiências e iniciativas voltadas à promoção do espanhol e do português como segundas línguas dos países Ibero-americanos, assim como nos Estados Unidos, Canadá, Caribe e África Lusófona.

Durante o Seminário ocorrerão ainda os eventos: Encontro de Autoridades Ibero-Americanas sobre Políticas Públicas para a Diversidade Linguística, reunindo representantes de todos os países que integram a comunidade Ibero-Americana, e o Fórum Línguas, Culturas e Sociedades, organizado pela UNILA.

Para mais informações acesse:
http://diversidadelinguistica.cultura.gov.br/

Foto:
http://img.socioambiental.org/v/publico/guarani-mbya/

Anúncios

Sobre Iphan/PR

Há mais de 60 anos, o Iphan vem realizando um trabalho permanente de identificação, documentação, proteção e promoção do patrimônio cultural brasileiro. A 10ª Coordenação Regional, atual Superintendência Estadual do Iphan em Curitiba, surgiu a partir da evolução do Escritório Técnico do Paraná, criado em 1984 e subordinado até 1990 à 9ª CR.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s