Cultura da Infância: jogos, músicas e brincadeiras

A educadora Luciene Silva ministrou oficina, promovida pelo IPHAN, durante a Semana Cultural dos Profissionais da Educação. O encontro reuniu professores, pedagogos, agentes administrativos e auxiliares da rede municipal de ensino para brincar, cantar e aprender.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Durante a oficina, Lucilene mostrou aos participantes como as brincadeira e músicas tradicionais infantis precisam fazer parte do ambiente escolar. “A cultura tradicional da infância é todo o universo de brinquedos e brincadeiras que vêm se perpetuando ao longo de séculos, passando de uma geração a outra, proporcionando convívio e interação entre as crianças. É ao mesmo tempo tradicional, popular e contemporânea, pois sofre transformações se adequando a cada novo tempo, sem perder a essência. Incrivelmente ampla, abrange acalantos, brincos; histórias; adivinhas, trava-línguas, quadrinhas, fórmulas de escolha; rodas; amarelinhas, jogos, pegadores; brincadeiras com bola, corda, elástico, mão, pedra e o objeto brinquedo”, explica a educadora.

Lucilene afirma a importância do retorno da música à escola. “Diante da riqueza e da diversidade da música tradicional da infância, é inegável a importância de tê-la como substrato principal na educação musical das crianças brasileiras. Cultivá-la é possibilitar que as crianças aprendam sobre o Brasil e sobre sua diversidade, que conheçam a música brasileira e aprendam a apreciá-la, que preservem essas preciosidades que aos poucos estão se esvaindo”.  Segundo ela, a cultura infantil é universal e as brincadeiras trazem os mesmos gestos em todos os lugares do mundo. “As minhas pesquisas fora do Brasil me comprovaram que brincamos das mesmas coisas em todos os lugares do mundo. O que difere é a língua, a estrutura musical e o cotidiano de cada lugar que aparece nas brincadeiras de forma peculiar”.

As brincadeiras são um universo imenso de aprendizado. “Podemos aplicá-la no ensinamento de história, geografia, línguas e é muito importante também no desenvolvimento motor das crianças. É uma infinidade de noções que podem ser repassadas por meio dessas brincadeiras e músicas”.

Para saber mais acesse:

A Oca

Casa das Cinco Pedrinhas

Assessoria de imprensa Iphan/PR: Ana Ferrarini

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s