Encontro debate Plano Estadual de Salvaguarda da Capoeira

Acontece, no dia 9 de novembro, o último encontro preparatório para as oficinas referentes ao Plano Estadual de Salvaguarda da Capoeira. As oficinas serão realizadas dentro da programação do Seminário de Patrimônio Imaterial e Cultura Afrobrasileira, programado para o fim de novembro, em Curitiba.

Os objetivos das reuniões preparatórias são mapear e organizar a rede de capoeiristas do Paraná, promover ações educativas voltadas para esse público, estimular a participação dos mestres e aprendizes de capoeira na discussão do Plano de Salvaguarda da Capoeira e incentivar a formação de um comitê gestor estadual para a salvaguarda da capoeira. Participam das reuniões mestres, contra-mestres e professores graduados de Curitiba e Região.

O Programa Nacional de Salvaguarda e Incentivo à Capoeira foi criado pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Histórico Nacional (Iphan) em 2009 para promover a implementação de políticas públicas para manutenção e salvaguarda da capoeira em todo o Brasil. Neste ano, a salvaguarda da Capoeira passou a ser realizada por meio de ações descentralizadas, organizadas pelas Superintendências Regionais do Iphan, como forma de atender melhor as demandas específicas de cada Estado.

Além das reuniões e oficinas, a Superintendência do Iphan no Paraná, irá promover, em parceria com a Fundação Cultural de Curitiba, o Seminário de Patrimônio Imaterial e Cultura Afrobrasileira, nos dias 20 e 21 de novembro. O evento terá como foco principal a promoção do debate sobre a constituição do Comitê Gestor para elaboração do Plano Estadual de Salvaguarda da Capoeira, além de oferecer oficinas com quilombolas, religiões de matriz africana, capoeiras e clubes sociais negros. As oficinas referentes ao Plano Estadual de Salvaguarda da Capoeira acontecerão nos dias 22 e 23 de novembro na Casa Hoffmann, em Curitiba.

Encontro preparatório para as oficinas referentes ao Plano Estadual de Salvaguarda da Capoeira

Data: 9 de novembro
Horário: 9h
Local: Casa Hoffmann – R. Claudino dos Santos, 58, São Francisco

Mais informações: (41) 3264-7971

Anúncios

Antonina recebe oficinas de Educação Patrimonial

Nos dias 10 e 24 de novembro, os educadores da rede pública de Antonina irão participar de oficinas de Educação Patrimonial oferecidas pela Superintendência do Iphan no Paraná. Os encontros têm como objetivo a reflexão, o debate e a construção de uma noção compartilhada de patrimônio cultural.

O centro histórico da cidade e o complexo das Indústrias Reunidas Francisco Matarazzo (IRFM), em Antonia, foram tombados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em janeiro desse ano. A cidade é o terceiro centro histórico tombado em nível federal no Paraná. Os outros dois são a Lapa, cujo centro histórico foi tombado em 1998, seguida de Paranaguá, com tombamento foi anunciado em 2009.

Para abrir as atividades das oficinas, no dia 17 de outubro, o superintendente do Iphan no Paraná, José La Pastina Filho ministrou a palestra O que é Patrimônio Cultural?. “Patrimônio é aquilo que, em um determinado momento, entende-se que é importante para representar aquelas pessoas ou aquele lugar. Só se preserva aquilo que a comunidade exige que seja reconhecido como parte da sua identidade”, explicou La Pastina.

Durante as oficinas, além de discutir as formas e instrumentos de proteção e preservação desse patrimônio e recolher sugestões de como introduzir a temática do patrimônio nas escolas, será apresentado aos educadores do município o Jogo do Patrimônio. Este jogo é baseado nos princípios do RPG (Role-Playing Game, Jogo de Interpretação de Personagem) que mistura estratégia e imaginação. Nele, os jogadores interpretam diferentes personagens e superam desafios de acordo com as regras descritas por um narrador.

O Jogo do Patrimônio se passa em uma cidade imaginária em processo de tombamento. Os personagens devem, então, participar ativamente do processo, escolhendo qual a área a ser tombada e defendendo a importância de sua preservação para a história do município. Após as oficinas, o material poderá ser cedido por até cinco anos às escolas interessadas no desenvolvimento de atividades de educação patrimonial.

O superintendente do Iphan no Paraná, José La Pastina Filho ministrando a palestra O que é Patrimônio Cultural?

 

Oficinas de Educação Patrimonial em Antonina
Data: 10 e 24 de novembro
Horário: período integral – manhã e tarde
Local: Colégio Estadual Brasílio Machado, Antonina/PR

Mais informações: (41) 3264-7971

 

 

 

Oficinas de Pêssankas entram na reta final

Acontecem, em novembro, as últimas edições das oficinas do projeto Pêssanka: ovos escritos, expressão da cultura ucraniana no Brasil. Nos dias 10 e 11 de novembro, as oficinas serão em Linha Vitória, no município de Cruz Machado. Já nos dias 15 e 16 serão realizadas as últimas oficinas, na Colônia Fluviópolis, no município de São Mateus do Sul, ambos no Paraná.

Oficina de Pêssankas

Oficina de Pêssankas

Ao todo, 23 comunidades do Paraná e de Santa Catarina participaram do projeto, que foi selecionado no edital PNPI 2011 do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). O projeto teve como objetivo pesquisar, registrar e difundir o conhecimento sobre essa arte, tão tradicional nas comunidades ucranianas rurais do Paraná e de Santa Catarina.

Além das oficinas, também foram realizadas ao longo do projeto palestras sobre o desenvolvimento do turismo e a continuidade da arte da pêssanka nas comunidades. Ao final das oficinas, os alunos estão deixando uma das pêssankas feitas para o futuro museu ucraniano, que está sendo planejado nas dependências do Centro de Eventos São Basílio Magno em União da Vitória.

Mais informações: www.culturaucraniana.com.br

A Lapa sob a mira dos fotógrafos

Acontece, no próximo dia 3 de novembro, o encerramento do Cerco Poético da Lapa. Durante o dia, ruas, praça e monumentos serão invadidos por um batalhão de câmeras e lentes apontadas para o centro histórico. A cidade, dessa vez, será refém de novos olhares, que vão capturar a beleza e a história lapeana e imortalizá-las em uma exposição que será realizada, durante a noite, nas paredes externas da Igreja Matriz.

O Cerco Poético teve início no dia 23 de setembro, com a exposição fotográfica Lapa – Cerco Poético, organizada pelo Iphan e pela Portfólio Escola de Fotografia. A mostra levou à cidade os disparos de 12 fotógrafos: Adriano Bassani, Cleber Yamaguchi, Danilo Caldas, Fabiano Rocha, Heloisa Domingues, Irene da Silva, Johann Stollmeier, Kristiane Foltran, Lu Barbosa, Melanie d’Haese, Nilo Biazzetto Neto e Sergio Silvestri.

Para encerrar os trabalhos, será realizada a Palestra Liberdade Fotográfica, com o coordenador do evento Nilo Biazzetto Neto, no Teatro São João. O evento é gratuito, aberto ao público e as vagas são limitadas. Logo após a palestra, os participantes serão convidados a fazer uma caminhada pela cidade, captando sob a ótica da liberdade e da poesia o que entendem como patrimônio cultural.

Cerco Poético

Palestra Liberdade Fotográfica + Caminhada Fotográfica

Data: 3 de novembro – sábado
Local: Teatro São João – Praça General Carneiro N.º 189
Mais informações: Portifolio – Escola de Fotografia (41) 3252-2540

Contação de histórias na Lapa relembra causos de antigamente

O último encontro das oficinas de Contação de Histórias e Roda de Leitura da Casa Lacerda, que acontece na Lapa no próximo dia 31, terá uma turma especial para a 3ª idade. O objetivo é relembrar histórias e lendas de antigamente, contadas diretamente por quem viveu a história da cidade de perto. As turmas especiais vão se reunir à tarde, às 13h30 e às 15h30. Pela manhã, as oficinas atendem às crianças da rede de ensino municipal da Lapa, com encontros às 09h30 e às 10h30. As vagas são limitadas – 50 participantes por oficina.

A proposta das oficinas é ampliar conceitos e possibilidades da Contação de Histórias e das Rodas de Leitura para o incentivo, sensibilização e valorização tanto do Patrimônio Imaterial quanto do Material e do Centro Histórico da Lapa.

Contação de Histórias

Oficinas de CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS e RODAS DE LEITURA

Ministrante: Carlos Daitschman
Local: Casa Cel Joaquim Lacerda – Rua Quinze de Novembro, 103 – Lapa/PR
Data: 31 de Outubro (quarta-feira)
Horário: 09h30, 10h30, 13h30 e 15h30m

Público a ser atendido: moradores da Lapa, profissionais da cultura, educandos, educadores da Rede de Ensino do Município da Lapa e interessados em geral

Vagas limitadas – 50 participantes por oficina

Mais informações: Casa Lacerda – (41) 3622-3524

Plano Estadual de Salvaguarda da Capoeira

Convidamos todos os mestres, contra-mestres e professores graduados a participarem dos encontros e debates sobre o Plano Estadual de Salvaguarda da Capoeira.

A próxima reunião acontece no dia 26/10 às 9h00, no Solar do Barão (sala Scabi), Rua Presidente Carlos Cavalcanti, 533 – Curitiba.

Nesta reunião serão definidos os eixos temáticos a partir dos quais os grupos de trabalho levantarão problemas e demandas da capoeira para a sistematização de propostas e ações do Plano Estadual de Salvaguarda da Capoeira.

Contamos com a presença de todos!
Mais informações: (41) 3264-7971

Seminário Internacional promove preservação preventiva

Acontece nos dias 22 e 23 de outubro, em Curitiba, o Seminário Internacional Patrimônio Cultural: Difusão e Aplicação da Conservação Preventiva. A proposta do evento é a disseminação do conhecimento na área da preservação do Patrimônio Cultural no âmbito da Conservação Preventiva, sua difusão e aplicação. O evento é promovido pela Associação de Restauradores e Conservadores de Bens Culturais do Paraná – ARCO.it –  e pelo Instituto Federal do Paraná – IFPR, Campus Curitiba.

A cerimônia de abertura, que acontece a partir das 9h30 do dia 22 de outubro, contará com a presença do superintendente do o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) no Paraná, José La Pastina Filho, da presidente da Arco.it, Oriete Cavagnari, do diretor do IFPR, Luiz Gonzaga Araújo, da coordenadora de Patrimônio Cultural da Secretaria de Cultura do Paraná, Rosina Coeli Parchen, e da diretora de Patrimônio Cultural da Fundação Cultural de Curitiba, Marili Azin. O seminário é aberto ao público.

Mais informações: http://arcoit.com.br

Continuar lendo

Patrimônio cultural é tema de palestra em Antonina

Acontece no dia 17 de outubro (quarta-feira), às 20h30, a palestra O que é Patrimônio Cultural? com o superintendente do Iphan no Paraná, José La Pastina Filho. O evento abre um ciclo de oficinas sobre Educação Patrimonial para os educadores da rede pública estadual da cidade de Antonina. Logo após a palestra, será realizado um bate-papo sobre o Tombamento de Antonina.

Teatro Municipal de Antonina

As oficinas tem como objetivo a reflexão, o debate e a construção de uma noção compartilhada de patrimônio cultural. Considerando o que o grupo identifica como patrimônio local, serão discutidas as formas e instrumentos de proteção e preservação desse patrimônio e recolhidas sugestões de como introduzir a temática do patrimônio nas escolas. Uma das ferramentas lúdicas de ensino-aprendizagem que será apresentada aos educadores do município é o Jogo do Patrimônio. Este material poderá ser cedido por até cinco anos às escolas interessadas no desenvolvimento de atividades de educação patrimonial.

Os próximos encontros das oficinas acontecerão nos dias 10 e 24 de novembro, em período integral – manhã e tarde.

Serviço

Palestra O que é Patrimônio Cultural?
Ministrante:
José La Pastina Filho, superintendente do Iphan no Paraná
Data: 17 de outubro – quarta-feira
Local: Teatro Municipal de Antonina – Rua Doutor Carlos Gomes da Costa, 322
Horário: 20h30

Igrejas ucranianas: arquitetura da imigração no Paraná

Igrejas Ucranianas: Arquitetura da Imigração no Paraná

Igrejas Ucranianas: Arquitetura da Imigração no Paraná

Este livro, editado através da Lei Rouanet, relata em detalhes a epopéia dos imigrantes ucranianos (segunda etnia mais numerosa no Paraná) e a importância das capelas tanto para os imigrantes de religião ortodoxa, que eram minoria, como para os católicos. Mesmo espalhados e isolados nos campos, todos tinham nas capelas e cerimônias religiosas seu ponto de encontro. Assim, essas igrejas erguidas pelo interior do Paraná tornaram-se o núcleo de preservação da cultura ucraniana. Seus pioneiros se mantiveram fiéis às suas raízes enquanto se integravam na terra nova que os abrigou.

BATISTA, Fábio Domingos; IMAGUIRE, Marialba Rocha Gaspar; CORRÊA, Sandra Rafaela Magalhães. Igrejas ucranianas: arquitetura da imigração no Paraná.   Curitiba: Instituto Arquibrasil, 2009.   407p.

Esta obra encontra-se disponível para consulta local na Biblioteca do Iphan/PR.
O acervo da biblioteca encontra-se disponível através do endereço http://iphanpr.phlnet.com.br
Para mais informações sobre os acervos e o agendamento de consultas:
Telefone (41) 3264-7971, no horário das 9h às 12h e das 14h às 18h ou pelo e-mail biblioteca.10sr@iphan.gov.br.
A sede estadual do Iphan em Curitiba fica na rua José de Alencar, 1808, no bairro Juvevê.

Semana da Criança com contação de histórias

Para comemorar a Semana da Criança, vai acontecer na Casa Lacerda mais uma edição da oficina de Contação de Histórias e Roda de Leitura com o contador de histórias Carlos Daitschman. O evento acontece na próxima quarta-feira, 10 de outubro, em quatro seções – 09h30, 10h30, 13h30 e 15h30. Nesta edição, em especial, as oficinas atendem às crianças da Rede de Ensino do Município da Lapa. As vagas são limitadas – 50 participantes por oficina.

As oficinas fazem parte de um projeto que organizará três encontros como esse na cidade. A proposta é ampliar conceitos e possibilidades da Contação de Histórias e das Rodas de Leitura para o incentivo, sensibilização e valorização tanto do Patrimônio Imaterial quanto do Material e do Centro Histórico da Lapa. Depois da semana das crianças, um próximo encontro está agendado para o dia 31 de outubro com a abertura de uma turma especial para a terceira idade.

Contação de Histórias

Primeira oficina de Contação de Histórias em 26 de setembro na Casa Lacerda

Continuar lendo